fbpx

CESAR School leva expertise para tratar da educação do futuro com o Sesc Pernambuco

É pra falar sobre educação? A CESAR School fala, claro. E se for para falar sobre Educação do Futuro, fala também? Sim, e com mais expertise ainda. Esse tema foi o norte da palestra especial do diretor executivo da School, Felipe Furtado, para o Fórum Gerencial do Sesc Pernambuco, na última segunda-feira (12).

A palestra teve objetivo de dar suporte ao planejamento estratégico do Sesc Pernambuco, que tem forte foco na educação, em diversos cursos, e da Rede de Escolas presente em todo país – uma troca super produtiva sobre educação e outros assuntos do mundo pós-pandemia como bem-estar, tendências, economia e desenvolvimento.

Furtado explica que trouxe a temática da “escola do futuro” como gancho para provocar discussões que seriam pertinentes para a construção do planejamento estratégico da rede de escolas que inclui educação infantil, ensino fundamental e Educação para Jovens e Adultos (EJA).

“Apresentei três eixos que, na minha visão, são fundamentais para pensemos em uma transformação digital em ambientes de aprendizagem. E não se trata apenas da tecnologia em si, que é uma ideia equivocada de que para essa transformação digital da escola basta acrescentar tecnologia. E não é assim”, ensina o diretor da School.

Ao Sesc Pernambuco, Felipe Furtado falou sobre três pontos fundamentais: o modelo de educação, as tecnologias habilitadoras para o setor e o futuro do trabalho, que está bem conectado com os dois primeiros.

“Primeiro, analisamos o gap entre o que é ensinado e o que o mercado exige, o que passa pelos métodos de ensino e o ato de trazer o aluno para o processo com o professor com papel de mediador. Depois, lançar mão das tecnologias habilitadoras a isso, aquelas com propósito no ambiente pedagógico, que serão usadas no processo formativo das pessoas. Por fim, futuro do trabalho tem a ver com o fato de que só conhecimento técnico não basta, mas é preciso focar nas soft skills, as habilidades comportamentais: o senso crítico, a comunicação, trabalho em grupo, que vai além do conhecimento em si das disciplinas do ensino regular”.

O diretor regional do Sesc Pernambuco, Oswaldo Ramos, disse que a participação de Furtado trouxe um debate “extremamente importante” para o processo de transformação da educação na instituição. “O debate foi pautado nas necessidades de adequação de métodos com foco na efetividade do aprendizado, utilizando a tecnologia como instrumento, com centralidade no ser humano”, comentou Ramos.

“Entender o futuro no presente, focado no desenvolvimento das novas competências exigidas neste contexto, que em alguns casos ainda não sabemos, será o grande desafio das instituições de ensino no mundo. Aprender a aprender sempre, tal seja o melhor dos resultados esperados na formação das pessoas nesse momento. E Felipe nos ajudou a consolidar tais questões”, elogiou o diretor.

Rolar para cima

Onde estamos

Rua Bione, Cais do Apolo, 220, Recife - PE, 50030-390