fbpx

Educação e Formação Empreendedora caminham juntas?

A pergunta do título é uma provocação em que o universo da Educação entra no cenário do Empreendedorismo e acontece uma associação interativa que traz benefícios para os dois setores. Para refletir um pouco sobre essas combinações, com a palavra, o Executivo Chefe de Educação da CESAR School Felipe Furtado. Na entrevista a seguir, ele contextualiza o ambiente em que a CESAR School atua e como se articula.

A CESAR School já entra no mercado focada no discurso da Educação associada à Formação Empreendedora. Como você descreve essa importância?

Segundo o Global Innovation Ranking, o Brasil tem muito o que avançar em inovação. O país precisa inovar, primeiramente, para aumentar a competitividade de suas instituições e, consequentemente, melhorar os benefícios econômicos e sociais decorrentes. Em segundo lugar, o Brasil é carente de soluções em várias áreas como educação, mobilidade, saúde, segurança, entre outras. A inovação é um jeito inteligente de resolver problemas relevantes, de contribuir para mudar as instituições e a vida das pessoas.

Avançar na cultura e práticas de inovação no Brasil requer profissionais com perfil diferenciado e que venham a ser protagonistas nas mudanças requeridas constantemente pela sociedade e pelo mercado. Esse perfil é composto por competências profissionais importantes tais como liderança e protagonismo, mentalidade empreendedora, capacidade de comunicação e de cooperação, eficiência e responsabilidade na gestão e execução de projetos, capacidade de escuta do cliente, busca da qualidade, preocupação com a satisfação de sua equipe, comprometimento com a instituição e com as entregas aos clientes, e atenção com a geração de resultados.

Por que não basta mais somente entregar conteúdo em uma instituição de ensino?

Na área de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), as instituições de ensino superior públicas e privadas não têm conseguido formar profissionais adequados às demandas contemporâneas do mercado. Há um excessivo foco em conteúdo (algoritmos, técnicas, processos, ferramentas etc), em detrimento do desenvolvimento de outras importantes competências profissionais valorizados em todos os níveis dentro de uma organização, por exemplo, comunicação, pensamento crítico, colaboração e criatividade. Atualmente, essas competências são prioridade nas empresas para desenvolvimento de funcionários e são utilizadas durante as avaliações de desempenho anual. Além disso, os candidatos a emprego são avaliados nestas áreas durante o processo de seleção.

Para formar profissionais com essas competências, a aula expositiva convencional não basta. Pelo contrário, é preciso expor os alunos a necessidades de clientes reais, impulsioná-los a se orientar a problemas, fazê-los participar de projetos concretos e ter contato com empreendedores e investidores, colocá-los para trabalhar em equipes multidisciplinares etc. A junção de elementos do CESAR, tais como a área de projetos (engenharia de software e design), a aceleradora de startups e a área educacional, permitem a criação desse ambiente de promoção de competências para inovação.

Quais devem ser as expectativas do aluno da CESAR School em relação aos cursos de Ciência da Computação e de Design?

O principal diferencial para o aluno será fazer parte de um ecossistema de formação profissional focado em Inovação, Empreendedorismo e Liderança. Este ambiente incentiva a formação de indivíduos protagonistas que tenham uma visão empreendedora de negócios digitais capazes de fomentar e executar projetos que tragam mudanças relevantes na sociedade.

A CESAR School faz uso do método de ensino PBL – Problem Based Learning, que é um método de ensino e aprendizagem centrado no aluno, colaborativo, construtivista e contextualizado. É a partir de problemas, propostos aos alunos, que o aprendizado de conceitos, teorias e o desenvolvimento de habilidades e atitudes desejadas pelo professor são desenvolvidos, à medida que os alunos buscam resolver o problema.

Além da adoção do método PBL, está prevista uma conexão entre os cursos atuais de Design e Computação e o futuro curso de Administração, com o objetivo de proporcionar uma formação transdisciplinar desde o seu início, ou seja, propiciar aos alunos, durante toda a sua trajetória, a aquisição de competências que permitam enxergar em múltiplos aspectos, soluções para os problemas que têm em mãos. Exemplificando como essa conexão será realizada, os alunos dos cursos se encontrarão no contraturno e atuarão em projetos multidisciplinares em cooperação com a área de projetos do CESAR. As produções e demandas dos cursos serão organizadas de tal forma que um curso retroalimente o outro num ciclo contínuo de inovação. Os resultados dos projetos desenvolvidos pelos alunos poderão se beneficiar da aceleradora do CESAR, colocando os alunos, desde cedo em contato com o empreendedorismo.

O que o mercado vai ter de diferencial desses alunos ainda durante o curso? E na sua conclusão?

O perfil do profissional formado atualmente no Brasil segue as demandas das empresas consolidadas no mercado, que buscam, sobretudo, o aumento de desempenho e a otimização de processos. Porém, os últimos 15 anos têm mostrado a ascensão das empresas do universo de negócios digitais, em detrimento das “convencionais”, entre as de maior valor de mercado. Essas novas empresas, que precisaram descobrir ou até inventar o mercado onde atuariam, passaram todas pela fase de startup, onde o mais importante é contar com profissionais que saibam tomar decisões estratégicas, liderar equipes, inovar e, em última análise, empreender. Em suma, o sucesso de uma startup do mercado digital depende totalmente do seu material humano que não está sendo adequadamente formado hoje.

Neste cenário, a CESAR School se posiciona como uma instituição de referência e excelência direcionada a formação do profissional quanto às competências empreendedoras voltadas para o mercado de negócios digitais que são as tendências atuais e futuras.

Assim, para se propiciar uma formação profissional de líderes com visão empreendedora de negócios digitais, é preciso ambiente (interno e externo), projeto pedagógico e infraestruturas específicas. No nosso entender, a CESAR School é, tanto pelo que faz quanto por estar no Porto Digital, a única instituição brasileira hoje que reúne os requisitos necessários para o desenvolvimento dessas competências.

Acrescente aspectos relevantes sobre a CESAR School:

Quanto à própria IES – A CESAR School já possui diversos cursos superiores como Mestrado Profissional em Engenharia de Software e Mestrado Profissional em Design, no Recife e em Manaus, várias especializações. O Mestrado Profissional em Engenharia de Software foi avaliado pela CAPES como o melhor em ciência da computação no Brasil. Além disso, os dois cursos de graduação em Ciência da Computação e em Design foram avaliados pelo MEC como nível 5 e nível 4, respectivamente.

Quanto ao Método empreendedor da dinâmica de trabalho – Os estudantes serão preparados para serem profissionais com uma maior tolerância ao risco e à falha, em um processo de constante aprendizado. Esse perfil de profissional não é o típico das grandes corporações consolidadas, mas é aquele que atua com frequência em startups. Pela sua natureza, em que ainda buscam se posicionar no mercado, as startups têm como princípios a evolução contínua, a abertura a mudanças e o aprendizado por experimentação.

Quanto ao mercado de trabalho – Do ponto de vista da educação profissional, o CESAR começou a trabalhar nesta área em 2006 com o entendimento de que é necessário formar profissionais focados nos interesses das empresas, atuais e futuros, tanto do ponto de vista técnico quanto das habilidades intra e interpessoais, como protagonismo, liderança, teamwork e autoempreendedorismo. O CESAR já concebeu e/ou executou diversos projetos educacionais como, por exemplo, o NAVE Recife e Rio (Instituto Oi Futuro), as Escolas Rurais Conectadas (Fundação Telefônica), o Coletivo Coca-Cola, o Pernambucoders, entre outros.

É sempre importante destacar.

Por fim, é importante destacar que o CESAR faz parte do Porto Digital que é um dos principais parques tecnológicos e ambientes de inovação do Brasil composto por mais de 200 empresas. Nesse contexto, o CESAR está conectado com centenas de outras empresas, nacionais e internacionais, o que possibilita aproximar tanto as demandas reais quanto as necessidades de desenvolvimento de competências e habilidades exigidas pelo mercado. Também contamos com 21 anos de experiência em trabalhar com inovação, empreendedorismo e startups, tendo criado dezenas de empresas e executado milhares de projetos de concepção e desenvolvimento de novos produtos e serviços para nossos parceiros.

Já conhece os cursos de graduação da CESAR School? O curso de Bacharelado em Ciência da Computação e Design são dinâmicos e inovadores. O objetivo é preparar profissionais que atendam às demandas do mercado e construir competências capazes de habilitar a participar e desenvolver projetos complexos. Inscrições abertas com início das aulas em fevereiro de 2020. Acesse: Revista CESAR

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Onde estamos

Rua Bione, Cais do Apolo, 220, Recife - PE, 50030-390

Rolar para cima