Professor da CESAR School e designers do CESAR no TDC 2022: acessibilidade é um dos temas

O evento TDC Connections, primeira edição do The Developer’s Conference 2022 (haverá outras três no decorrer do ano), vai ter a CESAR School falando sobre acessibilidade, dentre outros temas. Trata-se da etapa online da programação, de 22 a 24 de março, que terá palestras do professor Marcelo Penha, dos designers do CESAR Priscila Alcântara e Djafran Ático Cabral e dos engenheiros de software do CESAR Janael Pinheiro, Daniel Cândido e Marlon Chalegre (veja abaixo os temas e horários).

Marcelo leva a sala de aula para a palestra Formando designers com um olhar inclusivo: a (disciplina) Acessibilidade na CESAR School, falando sobre a disciplina que já está na grade da graduação em Design e também no Mestrado Profissional em Design. Um tema importante para a sociedade e já requerido pelo mercado, que em breve terá que cumprir exigências no quesito. A palestra acontece no dia 22 de março, às 15h, e o tema está em outros momentos do evento. Confira a programação AQUI.

“Os projetos que preveem acessibilidade em qualquer empresa demandam uma série de profissionais e o designer é um deles. O que vemos hoje é uma busca grande dessas empresas, principalmente das que trabalham com soluções digitais, web e mobile”, explica o professor, alertando que está em tramitação, na Câmara dos Deputados, o Projeto de Lei nº 4238/21, que institui penas administrativas pelo não cumprimento da acessibilidade eletrônica.

E a exigência tende a aumentar a demanda por profissionais capacitados no tema, o que já vem acontecendo, observa o professor. “Comento com os alunos que há muitas vagas que já pedem, além dos requisitos tradicionais, conhecimentos em acessibilidade. Com certeza estão abrindo os olhos, será uma condição que não vai ficar apenas na denúncia, mas terá peso no bolso”, explica.

Na CESAR School, o tema é tratado de forma detalhada, em uma disciplina específica: Tópicos contemporâneos – Acessibilidade. “Geralmente, o tema acessibilidade está dentro das graduações como apêndice de alguma disciplina. Na School, não. Ele é visto em uma disciplina específica”, afirma Marcelo.

Acessível para quem?
A acessibilidade é pensada de forma ampla, para quem tem restrições permanentes, além de idoso, pessoas com dificuldades de leitura e aqueles que têm movimentos limitados temporariamente.

Antes de tudo, quem se presta a entender de acessibilidade precisa se colocar no ponto de vista do usuário. “Treinar a empatia”, simplifica Marcelo. “Mostro na disciplina e mostrarei nesta palestra. Eu começo a falar sobre acessibilidade de maneira geral, a pontuar as barreiras que enfrentam essas pessoas”.

Depois, importante ter o conhecimento das diretrizes já existentes de acessibilidade. Para quem não está inserido nesse universo, são ferramentas que parecem escondidas, mas que tornam possível o acesso a produtos e serviços por todos. “Espero que isso mude – e vem mudando -, mas as pessoas que trabalham com acessibilidade são abnegados da causa. A verdade é que essa visão é um reflexo da sociedade em geral”, diz o professor. É por isso que, em sala de aula, Marcelo provoca os alunos, pede que vendem os olhos e usem o smartphone.

CESAR NO TDC

TERÇA

14h10 às 14h45
Palestra: Visual Discovery: Como coletar insights de um cliente difícil?, com Priscila Alcântara (CESAR)
Trilha: Gestão de Produtos

15h30 às 16h05
Palestra: Formando Designers com um olhar inclusivo: a (disciplina) Acessibilidade na CESAR School, com Marcelo Penha (CESAR School)
Trilha: Diversidade e Acessibilidade

QUINTA
12h10 às 12h45
Palestra: Avaliação de modelos preditivos para séries temporais em Python, com Janael Pinheiro (CESAR)
Trilha: Arquitetura Python

17h05 às 17h40
Palestra: Evoluindo uma solução real e distribuída com o Celery, com Daniel Cândido (CESAR)
Trilha: Arquitetura Python

17h45 às 18h20
Palestra: Liderança em UX design no contexto remoto: Aprendizados de quem mora fora do Brasil e trabalha em Recife, com Priscila Alcântara (CESAR)
Trilha: UX Design

Rolar para cima

Onde estamos

Rua Bione, Cais do Apolo, 220, Recife - PE, 50030-390