fbpx

Serviço de Psicopedagogia escuta e orienta toda a comunidade da CESAR School

Quando um aluno tem um problema, toda comunidade escolar precisa ser envolvida. E um dos principais agentes para formar este elo é a psicopedagogia. O serviço passou a funcionar no CESAR School pouco depois da fundação, ao primeiro sinal da necessidade de um profissional para escutar e orientar estudantes, professores, familiares, coordenadores… enfim, toda a cadeia educacional. A demanda foi suprida com a chegada da psicóloga Ana Catharina Carvalho, especializada em psicologia escolar.

Acolhimento, escuta individual ou em grupo, planejamento de intervenções, acompanhamento do desenvolvimento pedagógico, ações de formações continuadas com professores e gestores e reuniões periódicas estão entre as atividades na rotina da psicopedagoga. O trabalho tem papel relevante também na formação profissional dos alunos. “Os estudantes nos procuram muitas vezes pensando no desenvolvimento da carreira.”

O público pode buscar o serviço de forma espontânea pelos canais digitais (e-mail, telefone, WhatsApp, Slack) de segunda a sexta, em horário comercial. “A demanda pode vir também de um professor, coordenador ou da própria família do aluno.” O sistema remoto de aulas fez a procura crescer, justamente pela necessidade de se expressar. “É o que muitos procuram: ser ouvidos”, diz a psicopedagoga. “O nosso foco é sempre na parte acadêmica e pedagógica. É importante salientar que a questão clínica não faz parte do nosso escopo, pois muitos tendem a achar que é espaço para terapia. E não é, o serviço é exclusivo para processo de ensino e aprendizagem”, reforça.

ROTINAS DE ESTUDO
No modelo remoto de aulas, as distrações estão mais ao alcance. Abas abertas, celular, redes sociais… como evitar? “É preciso preparar o ambiente onde vai estudar. Estar sentado em frente à mesa, ter a mão aquilo que vai precisar de fato e deixar de lado o que não vai precisar. Deixar um copo de água ao lado para não precisar levantar o tempo todo”, explica Ana Catharina, antes de dar outro alerta importante: “Desative as notificações do WhatsApp e das redes sociais. Afinal, a cada toquezinho, a tendência é olhar.”

A falta de uma rotina de estudo atrapalha o processo de aprendizado. Para criá-la, alguns conselhos. “Coloque metas alcançáveis, paulatinamente para quem não tem rotina, para não gerar frustração. Faça uma distribuição de disciplinas e vá aumentando demandas e metas”, conclui Ana Catharina.

Rolar para cima

Onde estamos

Rua Bione, Cais do Apolo, 220, Recife - PE, 50030-390